quarta-feira, 29 de junho de 2011

Redes Sociais: sua empresa está preparada?

Sua empresa está na internet há algum tempo, tem um bom site que funciona como vitrine, oferece informações necessárias sobre seu negócio, possui formulário de contato e agora você decidiu participar de redes sociais.

Fez um perfil no Twitter, uma página no Facebook, convidou alguns clientes, colocou alguns avisos, umas promoções e há três meses não faz uma atualização. Definitivamente sua empresa não está preparada para as redes sociais!



Não bastar estar nas redes sociais, é preciso interagir, é preciso socializar
O primeiro passo, como em qualquer outra ação de comunicação e marketing, é fazer um planejamento.   Definir quais redes sua empresa irá participar, como irá conquistar seguidores, quais estratégias serão usadas e monitorar o que está sendo dito sobre ela. Cada passo deve ser planejado.

Criar conteúdo que seja relevante para seus clientes e que possa atrair novos consumidores, parceiros e gerar oportunidade de negócios, também é fundamental para o sucesso da sua empresa nas redes sociais. Ideias que se espalham espontaneamente tem o poder de influenciar centenas, milhares e até milhões de pessoas.

O relacionamento é uma via de duas mãos. Se você quer que os seguidores se importem com a sua empresa é preciso se importar com eles. A palavra de ordem é: empatia. Você precisa seguir, curtir, comentar. Imagine estar em uma mesa de bar e não falar com ninguém. Sua empresa precisa socializar para conquistar, é trabalho de formiguinha.

Se sua empresa não está preparada, como fazer?
Você pode contratar especialistas em Mídia Social, que irão cuidar do gerenciamento das redes sociais da sua empresa ou pode contratar uma empresa especializada em assessoria de comunicação.

Nós da InterConectada temos a solução sob medida para o seu negócio. Fazemos gestão de conteúdo, planejamento e monitoramento em mídias sociais, ações promocionais , SAC e gestão de crises. Também oferecemos a consultoria e treinamento para a sua equipe usar as mídias sociais de maneira eficiente.

Entre em contato conosco, teremos prazer em apresentar nossas soluções para o seu negócio. Agende uma visita!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

InterConectada na Atualuxo


A InterConectada esteve presente no Atualuxo 2011, um evento que mostrou as tendências do consumo do Luxo.

Vamos as principais palestras:

- Uma década de transformações – Com Yaffa Assouline, Fundadora do Assouline Media e Editora-Chefe do luxuryculture.com, e Christophe Rioux, Diretor do MBA Gestão do Luxo do ISC Paris.
A dupla apresentou as principais mudanças mundiais na última década que impactaram o luxo. Dentre as principais destacamos a revolução digital, que mudou radicalmente a forma de consumir o luxo.

Os Palestrantes mostraram os 10 mandamentos do setor para 2012

I - Irás aos Mercados Emergentes
Não é mais uma opção avaliar a presença nos mercados emergentes, é uma decisão vital para o negócio de luxo.

II - Substituirás a figura do Grande Costureiro
Com o controle das grifes nas mãos dos CEO, as grandes Maison não terão mais uma grande estrela, apenas talentosos; recrutados e exercendo sua criatividade sob o comando dos grandes executivos.

III - Dominarás a arte
A Arte assume papel importante na estratégia de Marketing das empresas.

IV- Consultarás as redes sociais
Criado em 2004, o Facebook revolucionou a maneira como as pessoas interagem na internet, seguido do Twitter e do Youtube. Todas as grandes grifes de luxo usam as redes sociais, mas para 2012, a ordem é usá-las de maneira ordenada e com uma estratégia clara e definida por trás.

V - Combaterás a falsificação
Carlos Ferreirinha disse na abertura do evento que há uma grande dicotomia na China: o maior celeiro de produtos falsificados se tornará o maior consumidor de luxo do mundo.

VI - Desconfiarás do Masstige
O Masstige - termo, popularizado por Michael Silverstein e Neil Fiske no livro Trading Up, resulta da junção das palavras massa e prestígio, e significa literalmente prestígio para as massas - foi amplamente utilizado como ferramenta de Marketing e vendas desde 2004 com a histórica colaboração de Karl Lagerfeld e H&M, mas o alerta é que essa estratégia só deve ser usada se marca e/ou produto permanecer fiel ao seu DNA e com qualidade acima de tudo. Acessíveis sim, sem perder prestígio.

VII - Apoiarás o desenvolvimento sustentável
Fala-se muito de sustentabilidade, mas será que estamos realmente produzindo e comprando produtos ecológicos. O conceito de sustentabilidade se amadurecerá em 2012.

VIII - Cuidarás da arquitetura e do design
Assim como a Arte, a Arquitetura é parte integrante do conceito de luxo.

IX - Inventarás o Luxo do Futuro
O luxo do futuro é o tempo e o espaço. Como oferecer produtos e serviços que exaltam esses atributos?

X- Voltarás ao Brasil
Não há mais dúvida de que o mercado brasileiro é significante para o mercado mundial de luxo. Mesmo não tendo as taxas de crescimento da China, tem mostrado expansão consistente.

-Uma década de Crescimento – Com Cláudia D`Arpizio, sócia da Brain & Co, apresentou os números do mercado mundial e os destaques da última década com principal destaque para o Brasil e China que saíram intocados pela crise de 2008.

- Mercados emergentes: novos consumidores, novos comportamentos - Com Stéphane Truchi, CEO do IFOP, Instituto Francês de Opinião Pública, apresentou os resultados do Projeto Living Luxury, um estudo do comportamento dos consumidores dos mercados emergentes: Rússia, China, Índia e América Latina, conduzido em parceria com a MCF no Brasil, Argentina e México. Os dados sugerem que as empresas de Luxo devem ter consciência de que estes são mercados distintos entre si e precisam desenvolver estratégias diferentes para cada perfil de consumidor.

A manhã do segundo dia foi totalmente dedicada ao case da África do Sul, tanto da parte de infraestrutura, quanto do turismo.

Na parte da tarde tivemos a que foi, com certeza, a pior apresentação, da Christine Laï, Presidente da Associação dos Fabricantes Franceses, que além da deselegância de fazer uma apresentação dos slides em francês, criticou seriamente a internet.

Mais tarde a americana Kathy Thornton-Bias, Diretora-geral da Divisão de Varejo do MoMa, fez uma das mais bem humoradas apresentações, mostrando o case de como o MoMa, atraindo o consumidor pelo Design.

Para fechar o dia tivemos o bate-papo entre o Carlos Ferreirinha e o empresário Rogerio Fasano, sobre a história do grupo, bem como da obsessão pela perfeição. Sobre a excelência em serviço.

- Geração Millenium, Christina Smedley, líder global de consumo e marketing da Edelman, mostrou um estudo de como os jovens nascidos entre 1980 e 1995 consomem o luxo.

De acordo com o estudo, estes consumidores têm maior nível de instrução e são fiéis às marcas. Além da compra coletiva, o social commerce também é utilizado por esta geração, tanto online, quanto nas lojas, uma vez que 60% estão sempre acompanhados de amigos em suas compras.

Além dos amigos, os Millenium querem marcas parceiras. Empresas que tenham causas que contribuem para a melhoria do mundo. Outro dado relevante da pesquisa é o que indica que mais da metade evita mostrar os logotipos das marcas.

- Como a Classe “C” consome o luxo – com Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular, mostrou como podem ser clientes em potencial para o mercado de luxo, não é claro para helicópteros, nem carros de extremo luxo, mas segundo pesquisas 73% dos consumidores de perfumes acima de R$ 500,00 é formado pela classe C.

O evento foi muito interessante e, com certeza, mostrou que a internet, principalmente as redes sociais, é o caminho para as empresas. Converse conosco e veja o que podemos fazer por você, sua empresa, produto ou serviço. Clique aqui e fale conosco!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...